FIQUE POR DENTRO

Saiu na mídia – 25/11 a 1º/12

Corrupção permeia tragédia com submarino argentino; cerco se fecha sobre ex da CBF; STF finalmente proíbe amianto; Swiss Re muda liderança no país. Leia os destaques da semana na mídia

01/12/2017 – 06:32
Atualizado em 01/12/2017 – 06:34
lupa-biblia-visao-distorcida-do-evangelho-de-jesus-cristo

Tragédia de submarino expõe casos de corrupção na Argentina – Estadão – 28/11
Embarcação estaria equipada com insumos comprados sem licitação a empresas favorecidas por oficiais corruptos.

Investigações fecham cerco a Teixeira – Estadão – 28/11
Trocas de informações entre vários países ajudam a aprofundar apuração sobre corrupção na Fifa envolvendo ex-presidente da CBF.

McKinsey desenha nova estratégia para a Odebrecht – Valor – 29/11
Diagnóstico deve ficar pronto até o fim do ano, mas OEC já adota novo posicionamento de focar em serviços de engenharia e construção.

Petrobras mantém 20 na lista de inabilitados – Valor – 29/11
Maioria das empresas que seguem impedidas de trabalhar com a estatal é de empreiteiras.

STF proíbe uso do amianto em todo o país – Uol – 29/11
Produto ligado a risco de câncer já está banido de vários países desenvolvidos há muito tempo.

Eternit vai deixar de usar amianto em seus produtos – Valor – 28/11
Elemento considerado tóxico e proibido em boa parte do mundo sairá dos produtos da empresa até o final de 2018.

Acordo de Vale e BHP na Semarco passa por volta à produção – Valor – 28/11
Sócias ainda buscam soluções para a empresa dois anos após tragédia de Mariana.

Resseguradora Swiss Re muda comando no Brasil – Estadão – 28/11
Margo Black será substituída na presidência pelo suíço Mathias Jungen.

Allianz planeja comprar restante da Euler Hermes por US$2,2 bi – Reuters – 27/11
Gigante alemã levaria assim sua participação na seguradora de crédito a 74,3%.

Menor exposição a riscos – Valor – 30/11
Entrada em vigor na Europa de lei sobre segurança de dados deve reforçar área também no Brasil.

Bancos reforçam arsenal anti-invasão – Valor – 30/11
Transformação digital aumentou riscos na área de segurança.

Mercado de seguros pode ser de até US$ 20 bi até 2025 – Valor – 30/11
Perdas asseguradas de seguro cibernético também devem crescer de forma acelerada.