TENDÊNCIA

Preços dos seguros caem por 17 trimestres consecutivos

Segundo corretora Marsh, queda média global foi de2,2%, mas na América Latina ficou em apenas 0,4%; reduções chegam a seguro cibernético

16/08/2017 – 13:53
Atualizado em 28/09/2017 – 05:51

Os preços dos seguros caíram pelo décimo sétimo trimestre consecutivo entre abril e junho deste ano, de acordo com a corretora Marsh.

Mas o ritmo da queda de preços continua se reduzindo. Os preços caíram 2,2% no período, o que constitui a menor queda desde o primeiro trimestre de 2014.

Por sua vez, a América Latina é a segunda região em que o mercado parece estar mais próximo de uma reversão de tendência. Segundo a Marsh, a queda de preços nos mercados latino-americanos foi de apenas 0,4% no período.

A América Latina ficou atrás apenas da região do oceano Pacífico, onde as tarifas aumentaram uma média de 6,3%. Foi a única região do mundo onde os preços subiram no segundo trimestre.

Por linha

A Marsh observou quedas de preços em todas as linhas de seguro pesquisadas. No segmento de responsabilidades, a redução foi mais acelerada do que nos primeiros três meses do ano.

Os preços dos seguros de responsabilidade caíram 1,7% entre abril e junho, contra -0,6% nos três meses anteriores.

Já os seguros patrimoniais mostraram queda de 2,8%, comparada com -3,6% no primeiro trimestre, enquanto que as linhas financeiras recuaram 2,1% (-3% de janeiro a março).

Um dado interessante do mais recente relatório da Marsh é que até mesmo os preços de seguros cibernéticos estão em queda neste ano.

As tarifas no mercado americano, de longe o maior do mundo, caíram 1,5% entre abril e junho, seguindo uma queda de 1,7% no trimestre anterior.

Com cada vez mais subscritores oferecendo capacidade nessa linha de negócios, os seguros cibernéticos vêm apresentando crescente moderação de preços nos últimos dois anos.

Em 2015, a Marsh reportou que os preços subiram uma média de 18,7%. No ano passado, o aumento foi de 6,4%. Neste ano, a variação média até agora foi de -1,6%.

América Latina

Nos mercados latino-americanos, os seguros de responsabilidades estão em alta já há quatro trimestres, enquanto que os patrimoniais e as linhas financeiras seguem a tendência do mercado brando.

Os preços das coberturas patrimoniais caíram 3,6%, um ritmo mais lento do que os -5% do trimestre anterior.

Entre as linhas financeiras, a queda foi mais moderada, de 1,1%, e também se desacelerou na comparação com o primeiro trimestre (-1,6%).

Já entre as linhas de responsabilidades, parece que a mudança de tendência no mercado está chegando para valer.

Os preços aumentaram 6,1% na região, após um crescimento de 3,3% no primeiro trimestre. Com isso, já se acumulam 12 meses de aumentos nos preços de seguros de responsabilidade nos mercados latino-americanos, de acordo com a Marsh.

Clique aqui para acessar o relatório em inglês.